O Transparência HackDay Brasília foi bem inusitado. Começou na Universidade dos Correios – com internet parca e bloqueada até os dentes – e terminou numa salinha da SLTI, Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento. Mas com a ajuda de colaboradores super comprometidos (valeu, companheiros @pbelasco e @ricardopoppi!), conseguimos fazer discussões de relevância e trabalhar em alguns projetos.

Estava presente um pessoal da EBC (Empresa Brasileira de Comunicação, que compreende a Agência Brasil, a Rádiobras e outras iniciativas de comunicação pública), interessados em entender o processo do HackDay. Como o melhor jeito de entender é colocando a mão na massa, começamos a pensar em usar o banco de notícias da Agência Brasil para desenvolver uma ideia sugerida para o Transparência Camp – montar um aplicativo que desse transparência às relações entre órgãos do governo federal, em cima de uma interface do Plano Piloto.

A estratégia passou por cruzar resultados de busca no site da Agência Brasil (pra saber, por exemplo, quantas vezes o Ministério da Cultura aparece junto com o Ministério do Trabalho, mostrando a relação entre os dois). Outra possibilidade é usar o ABCrawler, projeto do primeiro #thackday – com a vantagem de podermos fazer também um mapa de relações entre pessoas públicas, usando as imagens da Agência Brasil e suas legendas. Quem quiser ajudar nesse projeto, é só levantar a mão aqui nos comentários ou na wiki.

Das conversas com a EBC, também apareceu um dump de dados super legal para projetos futuros: a transcrição em texto de todos os programas Café com o Presidente. Também vai ficar disponível na wiki pra quem quiser brincar.

Também trabalhamos com uma base cedida pela Corregedora Geral da União, com o repasse de verba do Governo Federal para os municípios. A ideia era cruzar essa informação com os partidos dos prefeitos de cada municípios, para tentar identificar se há uma tendência de privilégio, dependendo da legenda. O pessoal do Tribunal de Contas dos Municípios do Ceará apareceu, e agregou mais algumas informações. Montamos uma mega-tabela e pensamos em usar o Many Eyes pra criar visualizações em cima disso. Estará na wiki em breve.

Outra coisa bacana foi a nossa participação em uma das mesas do Seminário Acesso à Informação, Serviços Eletrônicos e Cidadania. É sensacional poder participar de eventos públicos, que geralmente não contam com a participação direta de gente da sociedade, e poder contar no que estamos trabalhando. Várias novas interações surgiram daí – convites para novos HackDays, contatos, promessas de liberações de dados. Assim, o projeto vai crescendo cada vez mais, e vai ganhando novos parceiros ;)

3 comentários


Quer comentar?

Comments RSS and TrackBack Identifier URI ?

Parabéns pela perseverança. Vamos em frente apresar das dificuldades.

04/12/2009 10:43

Oi,

Segui o link para o wiki depois de ler este artigo, e me deparei com várias páginas preenchidas com links quebrados e sequencias sem sentido. Isso tem motivo ou é falta de tempo mesmo?
No caso de ser falta de tempo, me apresento como uma wikimaníaca que gostou do projeto…
Existem regras ou eu posso ir editando o que acho que devo?

Parabéns pela ideia e pelos resultados conseguidos até aqui!

05/12/2009 09:38

Oi, Gabriela!
Então, é tudo falta de tempo mesmo :P
A wiki está aberta pra edição, fique a vontade :D
Inclusive, acho que vale a pena abrir espaço lá mesmo pra discussão de regras, que por enquanto, não existem. A ideia é que o espaço seja autogestionado mesmo.
Abs!
Dani

06/12/2009 17:59

Comente!
















Trackbacks